Artigos recentes

Comentários recentes

Arquivo

Categorias

Meta

Velocidade

A ronda de Interlagos do WEC – Campeonato Mundial de Endurance 2019-20 no Brasil em fevereiro próximo está em dúvida

543visualizações

O responsável máximo do WEC, Gerard Neveu, alertou as equipas sobre as dúvidas que tem referentes à corrida marcada para 1º de fevereiro, na casa do Grande Prêmio da Fórmula 1 do Brasil, em Interlagos, colocando em causa a sua realização..

Ele explicou que o promotor do evento, Duduch Motorsports, estava contratualmente “atrasado em parâmetros diferentes”, faltando menos de três meses para o renascimento das 6 horas de São Paulo, realizadas pela última vez em 2014.

Neveu explicou que os problemas com o promotor eram pelo menos parcialmente de natureza financeira.

Ele ressaltou que era importante avisar as equipas com antecedência, sobre a incerteza, para que pudessem desacelerar seus preparativos para o evento.

No entanto, Neveu afirma que o WEC ainda quer o Brasil de volta no calendário: “Esperamos sinceramente que estejamos no Brasil: trabalhamos muito com a equipe local nisso”, explicou.

Uma decisão final sobre a continuidade do evento em Interlagos foi prometida por Neveu antes do final de novembro, afirmando que “Quando chegarmos ao Bahrein (para a próxima rodada do WEC em 14 de dezembro], não quero nenhuma discussão sobre isso”.

Explicou ainda que estão já a estudar alternativas, negando, no entanto, que Austin, no Texas, fosse o único local viável para um evento que ocorre menos de dois meses antes da rodada de Sebring WEC na Flórida, em 20 de março, o que não envolveria um

O WEC e a Duduch Motorsports têm contrato inicial de um ano para a corrida em São Paulo, com opções para mais duas temporadas.

Neveu afirmou que quer apresentar um primeiro rascunho do calendário 2020/21 do WEC, ao longo do fim de semana no Bahrein no próximo mês.

Deixe uma resposta