+ Motores

CPTT: Campeão entra a vencer!

1.2kvisualizações

A dupla Tiago Reis / Valter Cardoso, aos comandos de um Mitsubishi Evolution Racing Lancer, entrou a vencer no Campeonato de Portugal de Todo-Terreno.

A defender o título conquistado em 2019, o piloto famalicense não deixou créditos por mãos alheias e triunfou na Baja TT Vindimas do Alentejo, chegando ao fecho da prova com uma vantagem de 7m30s relativamente ao par Luís Recuenco/Vítor Rodriguez, em Mini.  A fechar o pódio ficou Manuel Correia, navegado por Miguel Ramalho aos comandos de um Mitsubishi HRX Ford.

Depois de no prólogo ter conseguido o terceiro melhor tempo, a apenas de 3 segundos de Alejandro Martins, o Campeão Nacional de Todo-Terreno 2019, Tiago Reis, fez um primeiro Setor Seletivo muito positivo, no qual efetuou uma recuperação nos últimos 50km da tirada para recuperar os cerca de 30 segundos de desvantagem que tinha para João Ramos, terminando com 26,3 segundos de vantagem para o segundo classificado e na liderança da Baja TT Vindimas do Alentejo.

“O primeiro Setor Seletivo correu-nos muito bem e conseguimos vencer. Percebemos nos últimos quilómetros que estávamos muito próximos do João Ramos e atacámos confiantes que seria possível recuperar e somar os primeiros pontos neste Campeonato de Portugal de Todo-Terreno. As corridas são mais interessantes quando são disputadas e é também por isso que o nosso Campeonato Nacional é interessante”, começou por dizer o piloto famalicense.

Já este domingo, Tiago Reis voltou a ser o mais rápido nas pistas do Baixo-Alentejo, dilatando a vantagem para os seus mais diretos adversários e mostrando que o seu objetivo para 2020 é claro: renovar o título de Campeão Nacional. “Este último dia, tal como ontem, foi bastante positivo. Cedo percebemos que, depois do abandono do João Ramos, podíamos gerir a corrida de forma mais tranquila. Não deixámos de atacar e mostrar o nosso andamento. Somos justos vencedores. Espero que seja a primeira de muitas vitórias”, explicou.

João Ramos, navegado por Vítor Jesus em Toyota Hilux, que à partida para o dia de hoje estava a 26 segundos do vencedor, viu-se obrigado a abandonar a corrida pouco depois do arranque para a especial com um problema no vedante da caixa de velocidades.

Alexandre Ré, acompanhado do seu irmão Pedro, em Can-Am Maverick, venceu a Classe T3, Francisco Barreto e Carlos Silva, em Nissan Navara, triunfaram na Classe T8, enquanto os jovens João Ferreira/David Monteiro, em Nissan Pathfinder, conquistaram a vitória na Classe T2.

Na classificação da Taça de Portugal de Todo-o-Terreno venceu Joel Marrazes, navegado por Fábio Ribeiro, em Nissan Navara, que venceu também a classe T8. Entre os T0 a vitória foi para a dupla composta por Bruno Barbosa e João Santos.

O próximo desafio do campeonato será a Baja TT ACP Santiago – Grândola, que se disputa entre os dias 6 e 8 de Março, numa organização do Automóvel Club de Portugal.

Deixe uma resposta