Artigos recentes

Comentários recentes

Arquivo

Categorias

Meta

+ Motores

Rui Nunes com jornada atribulada em Sever

1.1kvisualizações

Depois da excelente época de 2019, o vice-campeão nacional partia para a jornada inaugural do CPRX 2020 com aspirações a lutar pela vitória. Problemas mecânicos e incidentes de corrida impediram-lhe um bom resultado.

Os problemas começaram muito cedo na participação do rápido piloto que se apresentava em Sever do Vouga 2 “com a ambição de lutar pelos lugares cimeiros, mas também para me divertir e ver como estava face à concorrência. Os meus adversários apostaram bastante forte e nós optamos por manter para já as mesmas especificações de 2019”.

Logo nos treinos e “apesar de ter conseguido perceber, logo desde as primeiras curvas, que tínhamos um bom ritmo, a embraiagem cedeu logo na segunda volta, exigindo-me um esforço enorme para realizar tempos e, por isso, a 7ª posição acabou por ser um mal menor”.

Na primeira manga, Rui Nunes viveu um momento verdadeiramente insólito. Ao longo da corrida, o piloto entrou “numa pequena guerra com o corta corrente do meu kartcross, que se desligou e perdi bastante tempo a voltar a rodar”.

Já na segunda manga, o aparecimento da chuva trouxe ao cimo todo o talento do piloto. Arrancando do último lugar da grelha, fez uma corrida fenomenal e alcançou uma vitória fantástica.

A terceira viu em pista um Rui Nunes muito aguerrido, acutilante nas ultrapassagens e a conseguir um resultado que lhe garantiu um lugar na final, com a sexta posição da grelha.

Enquanto esperava pelo semáforo, Rui Nunes só tinha um foco: lutar pelo pódio. Mas a malapata estava à sua espera logo na primeira curva pois “uma carambola e um toque à saída da primeira curva hipotecou por completo a minha prova. Ainda tenteis recuperar, mas, não só o meu kartcross estava desalinhado devido ao toque, como a muita lama na pista retirava por completo a visão e acabei por levantar o pé e, simplesmente, garantir alguns pontos para o campeonato”.

Mesmo assim Rui Nunes sai satisfeita do fim de semana, pois provou que “continuo rápido e competitivo e que o meu kartcross é fiável e robusto. Temos rapidez e amos claramente estar na luta pelos pódios, pelas vitórias e pelo campeonato!”.

Deixe uma resposta