Ralis

Vitória premeia domínio absoluto de Fernando Teotónio em Castelo Branco

1.8kvisualizações

Fernando Teotónio e Luís Morgadinho dominaram a seu belo prazer entre os RC2N o Rali de Castelo Branco, alcançando a primeira vitória da temporada, neste regresso do Macambi Racing Team ao Campeonato de Portugal de Ralis.

Domínio avassalador. Numa singela frase, com apenas duas palavras, fica plenamente resumida a exibição da dupla formada por Fernando Teotónio e Luís Morgadinho, aos comandos do Mitsubishi Lancer EVO X do Macambi Racing Team.

A equipa partia para a prova da Escuderia ciente de que só a vitória interessava, depois da desistência no Rali Serras de Fafe e Felgueiras, para poder ainda almejar estar na luta pelo título. E, a exemplo do que sucedeu na prova nortenha, a 1ª especial correu mal para as pretensões da dupla. Um pião e, em consequência, o motor “calado”, levaram à perda de mais de uma dezena de segundos, retirando a vitória no troço.

Mangas arregaçadas e foram com tudo para as outras duas especiais, que estavam incluídas no primeiro dia de prova, assinando duas vitórias que colocaram normalidade na classificação. No fecho do primeiro dia, a liderança estava garantida, com 3,7 segundos de vantagem sobre o 2ª e 2.54,3 sobre o terceiro. No fecho da jornada, Fernando Teotónio destacava “a satisfação que sentimos por não termos perdido a concentração com o incidente da 1ª PEC. Andamos sempre rápido, mas dentro dos limites e sentimos que o nosso andamento ainda poderia ser mais forte, se não tivéssemos optado por uma mistura muito dura de pneus”.

Com previsões de um dia de extrema canícula, a equipa partiu para a segunda etapa com um único foco: manter a liderança e conquistar a vitória. O Mitsubishi Lancer EVO X enfrentou as 4 especiais já com outra opção de pneus (médios à gente e duros atrás) e com algumas alterações na afinação.

O resultado foi claro. Vitórias em todas as especiais e, no fecho do rali, o avanço sobre os adversários mais diretos tinha passado dos escassos 3,7 segundos no início da jornada, para mais de um minuto e dezasseis segundos, coroando uma exibição magistral nas difíceis estradas de Castelo Branco e Vila Velha de Rodão.

No final, o piloto mostrava-se “muito feliz não apenas pela merecida vitória que alcançamos, mas, sobretudo, pelo andamento que colocamos ao longo de toda a prova. Fomos evoluindo ao longo de todo o rali e, depois de termos mudado algumas coisas no carro e optado por outro tipo de pneus, senti-me muito confiante para manter um andamento forte. Vencemos seis das sete classificativas e, sem o percalço na PEC 1, poderíamos ter feito o pleno. Mas podemos ainda andar mais e vamos à Madeira com total confiança em podermos voltar a vencer!”.

Para Luís Morgadinho, navegador e Team Manager, este foi um triunfo “sem contestação. O Fernando conduziu muito bem, sempre de forma rápida, mas segura e o Mitsubishi esteve impecável, sobretudo depois de termos feito a alteração nos pneus e alguns acertos. Parabéns à Domingos Sport pelo trabalho que fez, dando-nos um carro muito bem preparado. Saímos de Castelo Branco muito felizes e agora vamos trabalhar ainda mais para continuar a vencer e alcançar o título!”

PUB.

Deixe uma resposta