Velocidade

José Correia e Kiko Mora dominaram 2ª dia do Open de Portugal de Velocidade by Michelin

1.4kvisualizações

O segundo dia de competição do Super Racing Weekend Portimão, foi o pano de fundo para as duas últimas corridas do Open de Portugal de Velocidade by Michelin disputadas no Autódromo Internacional do Algarve.

José Correia (Nissan GT-R GT3), depois de ter conhecido um problema de suspensão que destruiu o pneu da frente do lado direito e o atirou para último da classificação final da primeira corrida disputada no sábado, dominou da luz à bandeira a segunda manga do Open de Portugal de Velocidade by Michelin.

O piloto de Braga fez pleno uso da superioridade técnica do seu carro para manter um andamento impossível de acompanhar pelos Porsche 911 GT3 Cup, nomeadamente, os pilotados por Pedro Marreiros e por Fábio Mota, que completaram o pódio à geral por esta ordem. Porém, a distância final para o vencedor não reflete a imagem correta, pois Pedro Marreiros optou por poupar ao máximo os pneus do 911 991 GT3 Cup para a terceira corrida. Se na frente não houve luta pela vitória, nas classes que compõem o Open de Portugal de Velocidade by Michelin, o discurso foi semelhante, o que não quer dizer que não existissem lutas aguerridas por posição na classificação geral final.

Assim, no G1 a vitória ficou, claro, para José Correia (Nissan GT-R GT3), enquanto Pedro Marreiros (Porsche 911 991 GT3 Cup) ganhou a G2, na frente de Fábio Mota (Porsche 911 997 GT3 Cup), Nuno Baptista (Porsche 911 997 GT3 Cup) e Pedro Marques (Porsche 911 991 GT3 Cup). Nos Turismos, Gabriela Correia (Cupra TCR DSG) levou de vencida a T1, Paulo Martins (VW Golf GTI) a T2 e Jorge Silva levou o Renault Clio RS ao primeiro lugar. Finalmente, nos TCR, vitória para Francisco Mora (Cupra TCR Seq) na frente de José Rodrigues (Honda Civic TCR), Daniel Teixeira (Cupra TCR Seq) e Luís Silva (Cupra TCR Seq). José Fafiães levou o Honda Civic Type R à vitória no TCS.

A terceira corrida agendada para o Open de Portugal de Velocidade by Michelin tinha a particularidade de recuperar a fórmula “endurance”, oferecendo aos pilotos 40 minutos de prova com oportunidade de paragem nas boxes para troca de piloto. Isto depois das duas corridas de 20 minutos que já tinham sido realizadas anteriormente, oferecendo, assim, uma hora de competição em cada um dos Super Racing Weekend calendarizados para 2020.

Devido aos resultados obtidos nas duas corridas anteriores – recordamos que houve duas sessões de qualificação que definiram a grelha para as duas primeiras mangas – Pedro Marreiros e Paulo Pinheiro com a “pole position” para a terceira e última corrida da jornada de Portimão, foram obrigados a largar do pitlane, enquanto que José Correia saiu da quarta fila da grelha de partida, prejudicando a sua média devido ao último lugar da classificação na primeira corrida. Infelizmente, um desentendimento em pista que originou um acidente na descida para a Curva 5 do Autódromo Internacional do Algarve entre Gabriela Correia (Cupra TCR DSG), Paulo Martins (VW Golf GTI) e Luís Silva (Cupra TCR Seq), atirou este último para a lista de abandonos e fez entrar o “Safety Car” em pista.

Esta situação prolongou-se por algum tempo e a corrida teve apenas 18 voltas em 40 minutos de prova. José Correia impôs o seu Nissan GT-R GT3 e numa mão cheia de curvas chegou, naturalmente, ao comando da corrida, aí se mantendo apesar dos repetidos e fortes ataques de Pedro Marreiros e Paulo Pinheiro, ao volante do Porsche 911 GT3 Cup. As paragens nas boxes não trouxeram alterações e José Correia ganhou a segunda corrida do dia. O pódio ficou fechado com o Cupra TCR Seq de Francisco Mora que conseguiu superiorizar- se ao outro TCR, o Honda Civic de José Rodrigues. Esta classificação ficou assim ordenada, depois do Colégio de Comissários Desportivos penalizarem em 30 segundos José Rodrigues, Fábio Mota (Porsche 911 GT3 Cup) e Pedro Marques (Porsche 911 GT3 Cup).

No que toca às classes, não houve muitas diferenças em relação a segunda corrida. No G1 vitória para José Correia (Nissan GT-R GT3), enquanto Pedro Marreiros (Porsche 911 991 GT3 Cup) ganhou a G2, na frente de Fábio Mota (Porsche 911 997 GT3 Cup), Nuno Baptista (Porsche 911 997 GT3 Cup) e Pedro Marques (Porsche 911 991 GT3 Cup). Nos Turismos, Gabriela Correia (Cupra TCR DSG) levou de vencida a T1, Paulo Martins (VW Golf GTI) a T2 e Jorge Silva levou o Renault Clio RS ao primeiro lugar. Finalmente, nos TCR, vitória para Francisco Mora (Cupra TCR Seq) na frente de José Rodrigues (Honda Civic TCR), e de Joaquim e Daniel Teixeira (Cupra TCR Seq). José Fafiães levou o Honda Civic Type R à vitória no TCS. O Open de Portugal de Velocidade by Michelin está de regresso nos dias 11 e 12 de setembro no Circuito de Braga.

PUB.

Deixe uma resposta