Artigos recentes

Comentários recentes

Arquivo

Categorias

Meta

Velocidade

Félix da Costa faz história em Berlim. É Campeão do Mundo de Fórmula E!

2kvisualizações

Hoje o “Formiga” foi, uma vez mais gigante. O português António Félix da Costa terminou a corrida em 2º, logo atrás de Jean-Erc Vergne, numa dobradinha da DS Techeetah que também assegurou o título de construtores.

Logo após o final da prova e até à cerimónia protocolar, as lágrimas e as emoções sem travão tomaram conta do talentoso piloto português. Logo aí, na entrevista ao Eurosport, não escondeu que os seus pensamentos estavam “nos momentos maus que atravessei na carreira e que, por vezes, quase me fizeram desistir. Estou muito feliz e muito agradecido por terem acreditado em mim. Mesmo aqui, na Fórmula E, os primeiros tempos foram difíceis, com muitas corridas na cauda do pelotão, mas a DS Techeetah apostou em mim e este título é o resultado de todo o apoio que têm dado”. O novo campeão mundial não esqueceu “a minha família e os meus amigos, bem como todos os portugueses. É para vós este título!”.

Quanto à corrida, voltou a ser uma jornada cheia de emoção e de lutas, sobretudo no miolo do pelotão, já que, la na frente, os dois homens da DS Techeetah fizeram valer a sua presença na primeira fila da grelha de partida. Vergne, que arrancou da “pole”, foi o primeior comandante, sendo depois suplantado por António Félix da Costa mas, já na segunda parte da corrida, devolveu a “graça” ao português, nu duelo que sempre pareceu controlado e com os dois a estarem mais focados nesse domínio da equipa. O francês venceria a corrida, ascendendo à segunda posição do campeonato, vendo e aplaudindo António Félix da Costa que lhe sucedia enquanto campeão do mundo, ao cruzar a meta na 2ª posição. Sebastien Buemi levou o seu Nissan ao 3º posto, estando assim de regresso aos bons resultados.

Ficam ainda a faltar duas corridas para o fecho de época da Fórmula E e onde o principal interesse se prenderá com a discussão dos lugares de pódio do campeonato, sendo ainda jornadas de consagração do novo campeão, com Félix da Costa a querer, seguramente, aumentar o seu pecúlio de triunfos. O circuito de Berlin-Tempelholf, numa versão que incluirá novas secções, volta a ver competição nos dias 12 e 13 de agosto.

Deixe uma resposta