Velocidade

João Vieira em bom plano em Portimão

618visualizações

João Vieira voltou ao Campeonato Portugal de Clássicos ao volante do seu bonito Porsche 914-6 GT Aurora, na qual não faria a sessão de treinos privados na sexta feira de tarde neste carro. Chegou na sexta-feira mas rodou em treino privado com o seu saudoso VW Karmann Ghia de 1959, parado há mais de um ano “é uma loucura este carro é mesmo muito divertido e fácil de guiar” disse-nos com um sorriso no rosto.

Assim, apenas no sábado de manha entrou em pista com o 914-6 Aurora, para a sessão de treinos livres onde fez o tempo 2.12.312sec, rodando com pneus com rasto “Toyo”. Nos cronometrados conseguiu melhorar para 2.092.78sec com o 9º melhor tempo para a primeira corrida.

Na 1ª corrida, largou muito bem chegando ao final da reta da meta na quarta posição, começando logo a lutar por ganhar vantagem e lutar por posições mais acima, acabando ver a bandeira de xadrez na 7ª posição final, com a melhor volta feita em 2.092.28 à média de 104,43 km/h e vencedor em termos da sua categoria. Para a segunda corrida, acaba por fazer de novo o 7º lugar na classificação geral, com a melhor volta feita em 2.10.269, sendo de novo o melhor na sua categorias H 71.

Depois de colocar o seu Porsche 914 no parque fechado no final da segunda corrida, João Vieira teve de ser auxiliado pois perdeu os sentidos. Sendo de imediato assistido pelos médicos de prova, rapidamente acabaria por recuperar, explicando o que se passou “ fui alvo duma intoxicação por inalação de gases de gasolina, pois ao abastecer o carro, acabou por derramar para o chão do carro alguma gasolina, que rapidamente começou a espalhar os odores pelo habitáculo, começando a provocar a intoxicação associado ao muito calor, foi mau, então as ultimas três voltas custaram-me imenso mas não podia desistir porque tinha andado satisfatoriamente em grande parte da corrida. Trouxe o carro até final mas sabia quando me pusesse em pé que não iria ser fácil e viria o desmaio, agora estou recuperado. Em relação às duas corridas o balanço foi muito positivo, sem espetativas, com pneus usados com várias corridas do ano passado o carro esteve bem, em termos de tempos nas duas corridas foram muito semelhantes. Um dos objectivos era melhorar o conjunto (o carro e eu) e acho que conseguimos com a ajuda do Eduardo e sua grande equipa, objectivo completamente alcançado.
Agora há que continuar a aperfeiçoar pormenores, eu quero andar melhor e o carro também. os resultados logo acontecerão, se conseguir-mos andar bem ficamos mais à frente e é o meu lema. por isso é já preparar a próxima prova que será em Braga, gosto muito de ir a Braga, não pelo circuito mas pelo convívio
“. conclui João Vieira.

Deixe uma resposta