Artigos recentes

Comentários recentes

Arquivo

Categorias

Meta

Ralis

José Gomes com regresso triunfal na Aboboreira

1.7kvisualizações

O piloto penafidelense do Placogomes Racing Team já não competia há quase um ano e nem isso o enferrujou. Estreando um Mitsubishi Lancer EVO VII no Rali Terras D’Aboboreira, dominou a seu belo prazer as contas do Desafio Kumho Portugal e assegurou um brilhante 2º lugar na geral da prova respeitante ao Campeonato Norte de Ralis.

11 meses e uma semana depois de ter, pela última vez, envergado o capacete para competir, então na edição 2019 do rali de Paredes e mais de três anos após a sua última participação num rali em pisos de terra, José Gomes voltou ao ativo, sendo o Rali Terras D’Aboboreira o palco escolhido, integrando o pelotão do Campeonato Norte de Ralis. A seu lado uma estreia: André Gaspar, que veio assim fazer parte de uma das provas mais bem-sucedidas do piloto penafidelense.

Estreante era também a “arma” que a dupla utilizou. Pela primeira vez, José Gomes assumiu o volante do Mitsubishi Lancer EVO VII, arma que o colocava entre os possíveis protagonistas d aluta pela geral do rali e pela vitória na Divisão 1 Kumho. Pela frente, a dupla tinha para enfrentar 4 especiais, com um total de cerca de 68 quilómetros contra o cronómetro, distribuídos pelas serras do Marão e da Aboboreira e que anteviam enormes dificuldades para o pelotão, sobretudo nos mais de 23 quilómetros no marão, percorridos por duas vezes.

José Gomes esteve simplesmente brilhante. Em termos de CNR rubricou o segundo melhor tempo nos três primeiros troços cronometrados, coroando a sua exibição com a vitória na última especial e selando um magnífico 2º lugar no fecho da prova. A tudo isto juntou o domínio absoluto entre os elementos da “armada” Kumho, sendo sempre o mais rápido e conquistando a vitória na Divisão 1 da competição organizada pela ASR Tyres, importador dos pneus coreanos.

Foi um regresso em cheio que deixa o penafidelense “muito feliz por termos alcançado este fantástico resultado. Foi um regresso que me deixou encantado com o prazer que retirei de todos os quilómetros em competição. Troços duros, mas incríveis, com o do Marão a ter zonas verdadeiramente demolidoras, que exigiram muito de nós, mas que também nos permitiram andar forte e estar sempre entre os melhores. Ao longo da prova, fomos melhorando a nossa adaptação ao carro e fomos introduzindo alterações na afinação da suspensão que resultaram em pleno”. A vitória entre os Kumho representa “uma enorme felicidade. Gostamos muitos dos pneus e da relação que temos com os responsáveis da marca e ficamos muito felizes por ter dado aos Kumho mais um pódio à geral”, destacou ainda José Gomes.

A pandemia que estamos a enfrentar alterou completamente os planos do piloto e da equipa para 2020. No início do ano, o calendário previsto seria iniciado “no Rali de Vieira do Minho, que serviria de estreia e teste do Mitsubishi, para depois poder estar presente no Rali dos Açores, rali que adoro e onde queria muito voltar. Com a anulação das provas e o confinamento que sofremos, a época ficou praticamente arruinada e cheguei a pensar em não competir este ano até porque, logo depois, inscrevemo-nos para Vila do Bispo e a prova foi adiada para uma data que se revelou impossível para mim, por motivos profissionais”. Assim, esta presença vitoriosa na Aboboreira pode mesmo vir a ser “a única participação do ano” para o volante do Placogomes Racing Team.

Quanto a 2021, José Gomes assume que gostaria de “disputar com condições para lutar pelo título ou no Campeonato de Portugal de Clássicos ou no Campeonato Norte de Ralis. Vamos aguardar o que se vai passar com esta pandemia, falar com os patrocinadores e decidir com calma, sendo certo que só assumiremos uma época inteira se for para disputar um título!”.

Deixe uma resposta