Artigos recentes

Comentários recentes

Arquivo

Categorias

Meta

Velocidade

Francisco Mora e Francisco Abreu dominaram o fim de semana do Campeonato de Portugal de Velocidade by Sport TV

448visualizações

O Campeonato de Portugal de Velocidade by Sport TV com o apoio da Porsche Ibérica e da Pirelli, encerrou a sua primeira jornada disputada no palco majestoso do Autódromo Internacional do Algarve tendo como pano de fundo o Grande Prémio de Portugal de Fórmula 1.

A terceira corrida do fim de semana de provas foi disputada no formato Endurance, ou seja, com a duração de 45 minutos e troca de pilotos com paragem obrigatória de 89 segundos. “Pole position” para a dupla Francisco Mora e Francisco Abreu, segundo lugar para Mariano Pires e Rodrigo Almeida. A segunda fila da grelha tinha Thomas Biaggi no 3o lugar e José Monroy e Nuno Baptista no 4o posto. Nos Turismos, Rafael Lobato e Miguel Lobo eram os primeiros e nos GT Light, “pole position” para Bernardo Pinheiro e José Maria Marreiros.

Até à entrada em pista do “Safety Car” devido ao despiste de Bernardo Pinheiro (Porsche Cayman GT4) devido a um problema de travões, o controlo da corrida esteve na mão de Francisco Mora e Francisco Abreu, seguido por Mariano Pires no segundo lugar. O jovem piloto teve de suster os intentos de Thomas Biaggi que na largada pretendeu passar por Mariano Pires. Com classe, o piloto do Porsche conteve os ataques do piloto do Ferrari, instalando-se no segundo lugar. A paragem nas boxes injetou animação na corrida, com Rodrigo Almeida a sair para a pista atrás de Thomas Biaggi. O piloto moçambicano foi pressionando o italiano e acabaram os dois por se desentender na curva 4. Rodrigo Almeida acertou na traseira do Ferrari 458 Challenge e atirou-o para escapatória em pião. Biaggi caiu para o quinto lugar de onde já não saiu.

Porém, o colégio de comissários desportivos analisou o incidente entre Rodrigo Almeida e Thomas Biaggi. O piloto moçambicano foi dado como culpado e por isso recebeu um “drive through” que foi convertido em 30 segundos. Com estas penalização, Thomas Biaggi subiu ao quarto lugar e a dupla Mariano Pires e Rodrigo Almeida caíram para o sétimo lugar. Já a dupla Paulo Pinheiro e Pedro Marreiros, subiu ao segundo lugar, fechando o pódio o Porsche de José Monroy e Nuno Batista.

FORMULA 1 HEINEKEN GRANDE PRÉMIO DE PORTUGAL, de 30 de abril a 02 de Maio, 2021, AIA Portimão – Paulo Maria / INTERSLIDE

Pelo meio destaque para o pião protagonizado por Ka-Uwe Lauer que viu Fábio Mota perder o controlo do seu Porsche na travagem para a curva 4 e acertar em cheio na traseira do Ferrari. Com isto, o alemão caiu para a penúltima posição e o português fechou a corrida no sétimo lugar. Com o abandono de Bernardo Pinheiro, Álvaro Ramos e Fred Blok (Mercedes AMG GT4) ganharam a categoria GT Light.

No Campeonato de Portugal de Velocidade Turismo by Sport TV, Rafael Lobato e Miguel Lobo (CUPRA TCR) dominaram todo o fim de semana e terminaram a corrida Endurance num excelente sexto lugar à geral. Foi mais um “barba, cabelo e unhas” com três “pole position”, três voltas mais rápidas e três saborosas vitórias.

Apresentação SEAT TARRACO FR Hybrid, de 27 a 30 de Abril, 2021, Óbidos Portugal – Pedro Lopes / SEAT Portugal

A categoria Touring Car ainda ofereceu um momento de emoção na última volta e na última curva, com Ondraj Krupka (Skoda Octavia) a surpreender Pedro Silva (Audi RS3 LMS TCR) roubando-lhe o segundo lugar da categoria. Jorge e Pedro Silva ficaram com o terceiro lugar e Manuel Leão, cada vez mais adaptado ao Skoda Octavia, foi o quarto classificado. Manuel Castro e Gonçalo Manahu foram os azarados do fim de semana, tendo abandonado as três corridas com problemas mecânicos no seu Porsche 997 GT3 Cup, originados no incidente da primeira corrida, quando Rafael Lobato se desentendeu com Manuel Castro e acertou em cheio no Porsche.

O Campeonato de Portugal de Velocidade GT e Campeonato de Portugal de Velocidade Turismos by Sport TV com o apoio da Porsche Ibérica e da Pirelli volta à ação nos dias 25 a 27 de junho no Circuito de Vila Real de mãos dadas com a Taça do Mundo de Turismos WTCR.

Deixe uma resposta