Artigos recentes

Comentários recentes

Arquivo

Categorias

Meta

Velocidade

Gustavo Moura: “O Hyundai vai ser ainda melhor no Estoril”

935visualizações

Gustavo Moura e o Hyundai Elantra N TCR foram as principais estrelas da jornada de abertura da SuperCars Endurance, no circuito espanhol de Jarama, ao somarem uma vitória e um quinto lugar na estreia do carro adquirido à Hyundai Motorsport. Tais resultados permitiram ao primeiro privado a correr com o novíssimo Elantra assumir a liderança do campeonato nascido da união de esforços entre a GT4 South European Series e o TCR Ibérico Endurance Series.

O piloto de Paços de Ferreira não poderia sentir-se mais satisfeito e fazer um balanço positivo, no cômputo geral das duas corridas que abriram a temporada, nas quais ficou a conhecer melhor a nova “máquina” do construtor coreano.

“O Hyundai, pelas suas características, vai ser ainda melhor no Estoril, em julho próximo. A geometria do carro foi desenhada para aquele tipo de circuitos, para além de eu conhecer muito bem o seu traçado, coisa que não sucedia em Jarama. Portanto, creio ter razões para estar otimista em relação ao futuro”, salienta Gustavo Moura que regressou a casa com ânimo redobrado para as restantes três provas da época.Esta primeira jornada dupla foi encarada como de aprendizagem, face à novidade que representava a estreia do Hyundai Elantra N TCR, mas sem perder de vista a oportunidade de conquistar bons resultados.

“Aprendemos mais na segunda corrida do que na primeira, pois se nesta ainda era tudo novo, para a segunda decidimos não mudar nada no carro, para percebermos uma série de detalhes, constatando, por exemplo, que os calços de travão não aguentam duas corridas de 45 minutos. Se fizéssemos o que a Hyundai recomendou, talvez fosse tudo diferente. Contudo, importa sublinhar que o objetivo para a segunda corrida não era vencer, mas sim levar cada componente ao limite, para nas próximas provas, já com um conhecimento mais profundo, podermos tirar partido de todo o potencial do Elantra”.

Moura não deixa de enaltecer o trabalho desenvolvido por todos os que têm estado na sua retaguarda e revela-se muito satisfeito com a aposta no Hyundai Elantra N TCR, a mais recente “arma” da marca coreana para as corridas da classe TCR.

“Sem dúvida que este Hyundai foi uma boa escolha, pois é excelente, tal como também são a equipa P&B Racing e o Miguel Freitas, o engenheiro que me acompanha há várias épocas. Eu sou apenas uma peça da engrenagem, porque sem um bom carro, uma boa equipa e um bom engenheiro de dados, nenhum piloto faria milagres…”

Deixe uma resposta