Artigos recentes

Comentários recentes

Arquivo

Categorias

Meta

Ralis

Ricardo Filipe em Vieira do Minho para preparar a época

544visualizações

Arranca hoje a temporada 2023 da dupla formada por Ricardo Filipe e Filipe Carvalho. A presença no Rali de Vieira do Minho serve para o piloto do Algarve ganhar ritmo e testar soluções no Ford Fiesta R5 preparado pela Racing 4 You.

Estamos a poucas horas de Ricardo Filipe poder saborear no terreno “a enorme alegria por estarmos de volta à competição e, em especial, aos troços em terra!”.

Acompanhado pelo navegador poveiro Filipe Carvalho, o piloto que defende as cores da icónica marca algarvia “Olha o Cogumelo” volta a confiar no Ford Fiesta R5 e no apoio técnico da Racing 4 You.

Esta participação em Vieira do Minho tem como grande objetivo “rodar, fazer quilómetros, dar continuidade ao trabalho de desenvolvimento do carro e, principalmente, dar o meu máximo para evoluir como piloto, pois este é um dos grandes objetivos para esta época”, assumindo Ricardo Filipe que “não encararemos este fim-de-semana com qualquer pressão, nem iremos correr riscos desnecessários, pois é uma prova que não está inserida no CPR. Serve simplesmente como treino em competição”.

O rali arranca hoje, com a Super-Especial no centro de Vieira do Minho e continuará amanhã, sábado, com dupla passagem pelos troços de Nascente do Ave, Campo de Tiro e Senhora da Fé, num total de 72,2 km em especiais cronometradas.

Alexey Lukyanuk “apadrinhou” teste

Mas, o trabalho profundo que o piloto algarvio quer desenvolver ao longo do ano não começa hoje. Ricardo Filipe testou de forma afincada no início desta semana que agora culmina com o rali.

A zona da Barragem da Queimadela, em Fafe, foi palco de um intenso dia de testes, que contou com uma presença muito especial. Nada mais, nada menos, do que Alexey Lukyanuk, campeão europeu de ralis em 2018 e 2020, presente para desempenhar as funções de “mentor”, depois de um convite que o piloto do Algarve lhe endereçou.

“Surgiu a oportunidade de trazer o Alexey e nem hesitei. Foi muito importante para mim, para a equipa, todos os conselhos e sugestões que ele nos deu. É um piloto extraordinário e também muito capaz de transmitir os seus conhecimentos. Jamais esquecerei as suas palavras quanto ao meu estilo de condução. Afirmou que sou aquele tipo de piloto que precisa de ter certezas. Não faço à primeira, nem à segunda, mas rapidamente chego ao ponto que me é solicitado e, concordo inteiramente com a sua análise. Vou agora desfrutar desta autêntica aula e tentar evoluir, aproveitando todos os ensinamentos que ele me transmitiu”, realça Ricardo Filipe.

CPR é o grande palco da temporada

Depois deste teste em competição, o foco de Ricardo Filipe vira-se para o arranque “a doer” da sua época, que acontecerá no Rally Serras de Fafe, Felgueiras, Boticas, Vieira do Minho e Cabeceiras de Basto, que se disputa nos dias 10, 11 e 12 março. Aí, arrancará a sua campanha que incluirá “a totalidade dos ralis do calendário, talvez apenas com uma exceção, pois ainda não é certo que venhamos a participar no Rali Vinho Madeira”.

O piloto destaca ainda um objetivo paralelo importante: “este ano iremos fazer o Vodafone Rali de Portugal na íntegra. Na etapa inicial, andaremos de forma a tentar uma boa classificação e pontos para o CPR e depois faremos parte do naipe de pilotos nacionais que permanecerão em prova e tudo faremos para terminar a prova e, se possível numa posição de topo entre os portugueses”.

Fora do CPR, Ricardo Filipe marcará presença nos ralis de “Albufeira e Tavira, duas excelentes provas disputadas na minha região, mantendo assim a ligação com os aficionados algarvios e correndo perto de casa, algo que tem sempre um sabor especial”.

Deixe uma resposta