Artigos recentes

Comentários recentes

Arquivo

Categorias

Meta

Ralis

Artur Quintal: “saímos do teste confiantes e ansiosos que o Rally de Resende comece!”

1.6kvisualizações

A menos de 24 horas do arranque do Rally de Resende Douro Verde, Artur Quintal e Vítor Henriques testaram o Citroen C3 Rally2 que vão utilizar nesta estreia na prova organizada pelo Targa.

A dupla da Madeira está pronta para enfrentar os quase setenta quilómetros de especiais cronometradas que irão percorrer nas sinuosas e desafiantes estradas de asfalto do concelho de Resende, cravado na margem sul do Rio Douro.

A tarde de hoje, sexta-feira, foi reservada para o primeiro teste com o Citroen C3 Rally2 da Sports & You. Num troço de 3,5 quilómetros preparado numa das exigentes estradas de Resende, Artur Quintal e Vítor Henriques rodaram algumas dezenas de quilómetros, cumprindo um programa de adaptação à máquina francesa.

“Primeiro contacto com o carro foi bom. Inicialmente assustador, pois o Citroen C3 Rally2 é bem mais potente do que estou habituado, além de ser muito mais reativo. Com a ajuda da equipa e muito foco no trabalho que desenvolvemos durante a tarde, conseguimos encontrar algum equilibro, fazer quilómetros e ganhar confiança para tentar andar bem durante a prova”, afirmou no final da sessão Artur Quintal.

O piloto da Pérola do Atlântico está bem ciente de que “a nossa falta de experiência com este tipo de carro e o desconhecimento do rali obriga-nos a muita cautela e respeito, sem que isso signifique que não tentemos andar nos lugares cimeiros, para que seja possível regressar à Madeira não só com uma experiência inesquecível, mas também com um resultado satisfatório”, assumindo que “o teste realizado nos deu mais confiança. Estamos ansiosos que o rali comece!”.

A edição 2023 do Rally Resende – Douro Verde irá para a estrada amanhã, sábado, 4 de março, com uma curta etapa noturna, que arrancará às oito da noite e utilizará por duas vezes os 2,7 km de extensão da Super Especial desenhada no perímetro urbano de Resende.

No domingo, a 2ª etapa tem arranque marcado para as 9 da manhã e antes do pódio de fecho que acontecerá pouco depois das 3 da tarde, em frente aos Paços do Concelho, o plantel que alinhe na prova terá pela frente duas seções bem duras. A primeira engloba uma dupla passagem pela classificativa de S. Martinho de Mouros/Paus (9,07 km), separadas pela passagem única que os concorrentes farão por Barró/S. Martinho de Mouros (5,85 km). A segunda, derradeira e decisiva secção contém 4 especiais, correspondentes às duas passagens por Enxertado/S. Romão (8,10 km) e Freigil/S. Cristóvão (10,98 km).

Deixe uma resposta