Artigos recentes

Comentários recentes

Arquivo

Categorias

Meta

Ralis

Vitória convincente em Murça “dá” título a Marco Oliveira

902visualizações

Marco Oliveira e Ricardo Sousa dominaram de forma senhorial a edição 2023 do Rali de Murça. Com a vitória alcançada, a dupla do VW Polo N5 conquistou com todo o mérito o título do Campeonato Promo Norte de Ralis. A prova transmontana, bem organizada pelo CAMI Motorsport, recebeu ainda os favores da presença de muito público.

Antes de contarmos a história competitiva do rali que fechou o calendário dos campeonatos Promo Norte e Start Norte de ralis, um aplauso para a fórmula compacta que o CAMI Motorsport propôs para este fecho de época, com o rali a ser integralmente disputado durante a tarde de sábado.

Com partida às 14h00 e chegada às 19h08, a prova teve, pelo meio, seis especiais de classificação, correspondendo a duas triplas passagens pelos troços cronometrados de Palheiros/Monfebres(9,51 km) e Candedo/Murça (11,19 km), com um total de 62,10 km de percurso competitivo.

Além disso, os dois troços eram em estradas circundantes à Vila de Murça, com fáceis acessos, sendo ainda de realçar que o fecho da especial de Candedo/Murça ocorria já no interior da zona urbana murcense, incluindo uma zona espetáculo que continha um pequeno túnel. Adicionemos a isso a circunstância da última secção ter sido disputada já à noite, algo que parece ser do agrado dos pilotos e do público, pois recupera o fascínio das especiais noturnas de outros tempos.

O interesse principal do rali residia na discussão do título do Campeonato Promo Norte de Ralis.

Jorge Carvalho, líder da tabela pontual, optou pela ausência, abrindo uma enorme janela de oportunidade para Rui Borges e Marco Oliveira chegarem à glória. Estes dois chegaram a  Murça separados por apenas um ponto e a pouca margem de Carvalho, isto se contarmos com as suas sete melhores pontuações da época, respeitando o número máximo de provas a considerar, de acordo com o regulamento, no final do campeonato. Ou seja, para Carvalho ser campeão, Borges e Oliveira teriam de desistir. Se os dois terminassem a prova, venceria o cetro em discussão quem ficasse à frente.

Aguardava-se, por isso, um duelo sem tréguas e taco-a-taco, mas Marco Oliveira e Ricardo Sousa apresentaram-se em terras transmontanas com outras ideias, entrando claramente ao ataque, vencendo as 4 primeiras especiais, conseguindo a dupla do VW Polo N5 “cavar” uma distância de 23,1 segundos sobre a dupla Tiago Silva/Pedro Alves (Ford Fiesta R5) e de uns respeitáveis 41,4 segundos sobre Rui Borges e Luís Ribeiro, tripulando um Citroen C3 N5.

A dupla açoriana entrou com um ritmo muito baixo e, embora fosse melhorando, estava numa situação em que só um problema que afetasse os seus adversários, poderia ainda dar alguma chance de discutir o título.

Tal não sucedeu. Marco Oliveira até baixou o ritmo na secção noturna final, controlando os acontecimentos, mas conseguiu ainda aumentar a vantagem para 28,8 e 44,3, respetivamente, fazendo na prova do CAMI Motorsport o pleno: vitória à geral, triunfo nas lides do Promo Norte e conquista do título nesse campeonato, coroando assim da melhor forma aquela que é, sem sombra de dúvidas, a melhor época até ao momento do piloto de Várzea do Douro.

Boa prova do jovem Tiago Silva. O famalicense estreou em Murça o Fiesta R5 que pertenceu a Ricardo Filipe e, mesmo encarando a prova como um treino competitivo, fez tempos interessantes e conquistou um positivo 2º lugar à geral, triunfando entre os X5.

Para Rui Borges, fica a dupla consolação de mais um pódio e da conquista do vice-campeonato, numa temporada em que o açoriano da Domingos Sport este sempre entre os protagonistas do Promo Norte.

Correndo extracampeonatos, a equipa estoniana formada por  Joosep Ralf Nõgene e Aleks Lesk levou o Peugeot 208 Rally4 da PT Racing ao 4º lugar absoluto, depois de uma luta sem tréguas com o endiabrado Filipe Teixeira.

O penafidelense, navegado pelo seu conterrâneo António Campos, estreou um Peugeot 208 VTI R2 em Murça e voltou a provar que é um dos pilotos mais rápidos entre os que competem a norte nas 2RM. Nada limitado por não conhecer o carro e por este ser bem diferente do seu anterior Citroen Saxo, Filipe Teixeira esteve sempre entre os mais rápidos e juntou ao 5º lugar a vitória nas contas dos inscritos no Campeonato Start Norte de Ralis, sendo aqui secundado pelos flavienses Luís Delgado e André Carvalho, em carro idêntico, com o 3º posto no Promo Norte a ser assegurado por Tiago Caetano e Luís Boiça, num Peugeot 206 RC. O Rali de Murça 2023 ostentou um toque internacional que lhe foi dado não apenas pela equipa estoniana, mas também pelos ucranianos da Befast, Anton Korzun/ Kyrylo Nesvit, que levaram o seu Peugeot 208 Rally4 ao 7º lugar da geral, arribando ainda ao fecho da prova a equipa espanhola Arturo Cota Loureiro/Basalo Diego Blanco (Peugeot 208 VTI R2), num satisfatório 10ºposto, entre as 20 equipas que lograram concluir o rali.

Deixe uma resposta