Artigos recentes

Comentários recentes

Arquivo

Categorias

Meta

+ Motores

Sucesso da SAR Motorismo Racing Team nas 24 Horas TT Vila de Fronteira 

208visualizações

O SAR Motorismo Racing Team concluiu com sucesso a sua primeira participação nas 24 Horas TT Vila de Fronteira, a mítica competição de resistência de Todo-o-Terreno de se disputou este fim-de-semana no Terródromo da Vila de Fronteira. Aos comandos de uma Nissan Navara da categoria T2, cedida por Alexandre Franco e assistida pelo Oeste Racing Team, os elementos da equipa, que por norma estão mais habituados a estar do lado da organização das corridas, conseguiram terminar a prova completando 68 voltas num traçado com perto de 17 quilómetros onde registaram como melhor volta um tempo de 14m01s.

Com a intenção de comemorar os 35 anos da Baja TT Sharish Gin, a formação alentejana partiu muito motivada para a competição e tendo como principal objetivo chegar ao fim das 24 horas, os pilotos entraram em ação com cautela para não comprometer a corrida: “”é a nossa primeira vez no lado de dentro de uma corrida. Estamos ainda a perceber como reagir e temos de ir com atenção porque a pista está um bocadinho estragada. O nosso objetivo é chegar ao fim das 24 horas, mas também estamos aqui para celebrar esta grande festa do Todo-o-Terreno, para nos divertirmos e partilhar com os amigos o nosso gosto pela modalidade””, referia Pedro Medinas à partida para a competição organizada pelo Automóvel Clube de Portugal.

Com a chuva a dar tréguas aos pilotos, a corrida correu de feição ao SAR Motorismo Racing Team que concluiu as 24 Horas TT Vila de Fronteira na 32ª posição e em terceiro lugar entre os que competiram com viaturas T2, as mais próximas dos veículos de série.

““O objetivo final de chegar ao fim das 24 horas foi cumprido. Foi uma corrida muito divertida o que acima de tudo era o que pretendíamos com esta participação. Aprendemos muito e foi um fim-de-semana muito preenchido. É uma alegria imensa estar juntos dos pilotos que por norma realizam a nossa Baja de Reguengos, Mourão e Redondo e esta partilha é fantástica. Estamos muito satisfeitos com o desfecho da corrida e com esta nossa presença aqui em Fronteira””, contou Joaquim Nobre a quem coube o derradeiro turno de pilotagem.

Deixe uma resposta