Artigos recentes

Comentários recentes

Arquivo

Categorias

Meta

+ Motores

João Monteiro: “neste primeiro Dakar, não quero olhar para resultados

1.9kvisualizações

João Monteiro dificilmente vai esquecer a época 2023, mas o arranque de 2024 será ainda mais especial. Ao volante de um Can-Am, o jovem piloto sagrou-se campeão nacional SSV, já depois de ter conquistado o Campeonato da Europa FIM de Bajas. Navegado por Nuno Morais, parte agora para o seu primeiro Dakar ao volante de uma viatura da categoria Challenger (antigos T3), depois de em 2023 ter apoiado a equipa South Racing como elemento da estrutura de suporte.

Já na Arábia Saudita, e depois do primeiro contacto com o Start Camp de Al Ula, João Monteiro mostra-se confiante e com as expectativas bem definidas: “Depois da chegada à Arabia Saudita e da equipa ter preparado tudo para nos receber, estivemos hoje a ultimar os últimos detalhes para que amanhã no Shakedown tudo corra pelo melhor”, começou por afirmar antes de explicar que “este ano estou um bocadinho mais ansioso, mas sem stress nenhum, sem nervos. Acho que as coisas vão correr bem. Neste primeiro Dakar, não quero olhar para resultados. A vitória é estar à partida e é nisso que tenho pensar. Dia após dia levar o carro ao fim ajudando a equipa.”

A quinta edição do Dakar na Arábia Saudita, assim como nas anteriores, promete desafiar tanto pilotos quanto máquinas como nunca.

A prova arranca em Al Ula, seguindo etapa após etapa até ao Empty Quarter, onde veremos uma grande novidade: uma etapa cronometrada de 48 horas dividida em dois dias. Durante esse desafio, os concorrentes, distribuídos por oito acampamentos, ficarão praticamente entregues à sua própria sorte. O dia de descanso em Riade será apenas uma breve pausa, pois o terreno diversificado entre esse ponto e o destino final, em Yanbu, reserva desafios de navegação capazes de alterar o equilíbrio de forças a qualquer momento.

Deixe uma resposta