Artigos recentes

Comentários recentes

Arquivo

Categorias

Meta

Ralis

Rally de Lisboa no TER – Tour European Rally e TER Histórico em 2024

460visualizações

O Rally de Lisboa vai integrar em 2024 o calendário desportivo do TER – Tour European Rally e do TER Historic, tornando o calendário do troféu ainda mais interessante. Este conceito promocional recebe assim mais uma novidade para a época com a entrada do Rally de Lisboa, evento sediado na capital portuguesa, e que atribui a Taça de Portugal de Ralis, no ano em que celebra a sua 4ª edição de 6 a 8 de Junho.

Com um percurso que se estende por 2 dias de grande ação desportiva, com 13 provas especiais de classificação, em locais de tradição e classe mundial como são exemplo Sintra, Estoril e Montejunto, o Rally de Lisboa proporcionará mais uma vez uma grande experiência para concorrentes, equipas e fãs.

Luca Grilli, promotor e organizador do TER, afirmou que: “Estou muito feliz em receber mais um grande evento na Família TER. A história dos Ralis passa por Portugal e a paixão dos seus adeptos é inquestionável. Desde a sua temporada inaugural, há nove anos, que o projeto do TER tem procurado grandes eventos em deslumbrantes áreas turísticas, e aqui temos mais um exemplo perfeito para incorporar e mostrar a nossa filosofia, à medida que a nossa série continua a crescer, com outro evento a bordo por três anos.”

Humberto Silva, presidente da comissão organizadora, disse: “É com muito orgulho e sentido de responsabilidade que aceitamos o desafio de ter o Rally de Lisboa a integrar o calendário do TER (Tour European Rally) e do TER Historic nesta época desportiva de 2024. Sem dúvida que este é o reconhecimento do trabalho desenvolvido pelo CPKA num evento que apenas se realizou três vezes, mas que de forma sustentada já se afirma como um evento de referência em Portugal e também internacionalmente”.

Recorde-se que em 2021, a primeira edição foi apadrinhada pelo lendário piloto finlandês Markku Alén, e em 2022 foi o também finlandês e na altura campeão mundial FIA WRC Junior, Sami Pajári, quem venceu o rali, e em 2023, o ano em que nos foi atribuída a organização da Taça de Portugal de Ralis, quem se destacou foi Armindo Araújo ao vencer a prova, piloto que já foi multicampeão português de ralis, e duas vezes Campeão do Mundo de Produção FIA, e também fizemos parte do International Iberian Rally Trophy.

“Em 2024, os nossos objetivos passam por garantir que o Rally de Lisboa ganhe maior visibilidade a nível internacional, e por isso decidimos aceitar o convite do TER, num acordo previsto para 3 anos, e desta forma aproveitar os ativos promocionais e mediáticos que o troféu proporciona, especialmente ao nível da distribuição televisiva mundial, bem como de outros canais nomeadamente a área cada vez mais relevante das redes sociais, e tudo isto sem descurar o evento nacional que tem sido cada vez mais popular entre as equipas portuguesas que representam uma prioridade para nós”, realçou o organizador, destacando ainda que está “plenamente convencido de que o Rally de Lisboa continuará a crescer, afirmando-se como embaixador de toda a região da grande Lisboa, promovendo não só a capital de Portugal mas todos os municípios que, enquanto parceiros, disponibilizam os seus atractivos, e provavelmente repetindo-me, promovendo não só Lisboa, mas também Oeiras, a Costa do Estoril, Sintra, Loures, Mafra, Vila Franca de Xira, e a zona Oeste de Portugal”, com destaque para os concelhos de Alenquer e Cadaval onde se realiza a mítica especial de Montejunto, perfeitamente enquadrada no conceito de eventos promovidos pelo TER, onde um dos principais objetivos é a promoção do turismo nas regiões por onde passa, em paralelo com as provas desportivas de rali”

O Rally de Lisboa realiza-se nos dias 6 a 8 de Junho, organizado sobre a égide da Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting, e atribuirá a Taça de Portugal FPAK de Ralis 2024, integrando igualmente o TER – Tour European Rally, TER Historic, International Iberian Rally Trophy, bem como a Toyota Gazooo Racing Iberian Cup. O centro operacional da prova estará localizado na Doca de Pedrouços, à semelhança da passada edição.

Deixe uma resposta