Artigos recentes

Comentários recentes

Arquivo

Categorias

Meta

+ Motores

Rui Gonçalves foi 18ºna etapa de abertura do Dakar 2024

590visualizações

Um prólogo curto de apenas 27km abriu as hostilidades do Dakar, etapa que Rui Gonçalves cumpriu segundo o que estava programado numa toada segura para evitar riscos desnecessários.

Tal como é tradição, o prólogo serviu de aquecimento para todos os concorrentes do Dakar numa etapa inteiramente disputada em pisos arenosos mas com um percurso sinuoso e com alguma navegação a causar algumas dificuldades aos pilotos das motos.

Rui Gonçalves cumpriu na íntegra aquilo que tinha planeado com a sua equipa, adotando um andamento seguro que lhe permitiu levar a sua Sherco SEF 450 Rally até ao final sem problemas.

O verdadeiro Dakar começa amanhã com uma etapa de 544km, 414km disputados ao cronómetro, e que se irá desenrolar entre AlUla e Al Henakiyah em pistas maioritariamente de piso duro e pedra. É uma estreia absoluta para todos os concorrentes do Dakar, que irá serpentear entre vulcões e outros locais de interesse geológico e cujas dificuldades irão colocar à prova as capacidades físicas e de navegação de todos.

No final Rui Gonçalves afirmou: “o prólogo de 27km maioritariamente foi disputado em piso de areia, com algumas pistas muito rápidas e também com algumas mudanças de direção bruscas que obrigaram a uma atenção redobrada com a navegação. O mais importante foi que me senti bem e tive um bom “feeling” com a moto. A classificação de hoje deixou-me satisfeito e numa boa posição para amanhã que é, sem dúvida, quando vai começar o verdadeiro Rally Dakar com uma etapa longa com muitas horas em cima da moto. Sinto-me contente por estar aqui de novo para mais um Dakar, o importante é manter a concentração, dar o meu melhor quilómetro a quilómetro e dia após dia”.

Deixe uma resposta